Projeto SOS AZULEJO

Alunos do 6º ano do A.V. de escolas de V.N. Foz Côa aderiram ao projeto e sensibilizaram o executivo municipal. 
 
O Projeto “SOS Azulejo” é de iniciativa e coordenação do Museu de Polícia Judiciária (MPJ), órgão da Escola de Polícia Judiciária (EPJ), e nasceu da necessidade imperiosa de combater a grave delapidação do património azulejar português que se verifica atualmente, de modo crescente e alarmante, por furto, vandalismo e incúria.
Os alunos e professores do agrupamento Vertical de escolas de Vila Nova de Foz Côa, deslocaram-se, hoje, ao município sendo recebidos pelos vereadores João Paulo Sousa e Fernando Fachada, no intuito de oferecer ao município 2 azulejo trabalhados por eles, numa atitude de sensibilização para a preservação e salvaguardada do Património Azulejar português. Este património é de uma riqueza e valor incalculável, ocupando um lugar de relevo não só no Património Histórico e Artístico do nosso país, como no Património da Humanidade, destacando-se pela qualidade e pela quantidade dos temas, estilos, materiais, técnicas e usos. Urge, por isso, defendê-lo e preservá-lo para as gerações seguintes, a todo o custo e por todos os meios lícitos ao nosso alcance.