Leia avaliações sobre Vila Nova de Foz Côa

Documentos recentes

A simbiose cultural perfeita entre o 3 º SIAC e a Exposição fotográfica de “Joshua Benoliel”.

Vila nova de Foz Côa, viveu no passado dia 12 de junho, momentos culturais únicos e intensos com a inauguração de 3 exposições. Durante o período da manhã procedeu-se à cerimónia de inauguração das exposições de Serigrafia Digital e Poesia Visual, na sala de exposições e na galeria de arte. Vila Nova de Foz Côa aceitou o convite para integrar o 3º Simpósio Internacional de Cultura e Arte, simpósio este, que está a decorrer na cidade da Guarda entre o dia 4 e 18 de junho, que conta com 140 artistas de 21 países e inclui uma exposição que presta tributo a Paula Rego. 
 
 “As vanguardas da memória”, tema deste certame cultural, desceram ao território do concelho de Foz Côa, valorizando-o, e valorizando-se simultaneamente. 
As intervenções alusivas à parceria e sobretudo à qualidade desta iniciativa promovida pelo Museu da Guarda, ficaram a cargo do Exº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Foz Côa, o Sr. Eng. Gustavo Duarte, do curador do Simpósio, diretor do Museu da Guarda, Dr. João Mendes Rosa, e Rui Campos, presidente da Associação Campos d’Arte. De salientar que esta recente associação foi a responsável que lançou as pontes e aproximou as vontades desta iniciativa. A universidade Sénior de Foz coa, protagonizou momentos deliciosos de cantares fozcoenses e de dissertação de poesia de Miguel Torga e Dr. Manuel Daniel. 
 
Durante a manhã decorreu ainda a apresentação do projeto Museu do Saca Rolhas, no auditório do centro cultural, pelo Dr. Lopo Teixeira Lopes, empresário agrícola com propriedades em Almendra.  Ligação perfeita entre o vinho, a garrafa e o saca rolhas. 
 
Para o período da tarde, estava reservada a inauguração da exposição de fotografia do repórter parlamentar Joshua Benoliel, (Repórter Parlamentar 1906-1924) que contou com a presença e intervenção do Dr. Francisco Távora, do Museu da Assembleia da República, do Dr. João Mendes Rosa, e do Vice-Presidente da Camara Municipal, Dr. João Paulo Sousa. A mostra está patente na Biblioteca Municipal.  Joshua Benoliel (1873-1932) foi um destacado jornalista e fotógrafo, sendo –lhe atribuído o estatuto de percursor e criador da reportagem fotográfica em Portugal. 
 
Esta exposição relata essencialmente um vasto conjunto de episódios sobre o ultimo período monarquio (D. Carlos e D. Manuel II) e um conjunto significativo de imagens históricas relacionadas com a revolução de 1910, para além das revoltas monárquicas durante a republica. Acompanhou ainda as movimentações do exército português que combateu na Flandres (I Guerra Mundial).  Não foi descorado o âmbito formativo/educacional desta exposição. Os alunos (2 turmas do 10º Ano e 2 professores) marcaram a sua presença, evidenciando curiosidade pela fotografia em si e por tudo aquilo que ela representou historicamente na sociedade portuguesa.
 
Disfrutem do momento.