Município de Vila Nova de Foz Côa inaugura Centro de Saúde e Serviço de Urgência Básica

 

Sob a sua responsabilidade de empreitada, o município de Vila Nova de Foz Côa adjudicou à empresa “Edibeiras”, a construção do novo centro de saúde.

Num investimento de + ou - 1,5 milhões de euros, 300 mil euros, aproximadamente, foram comparticipados por fundos comunitários do Programa Operacional Norte 2020.
O Projeto de Execução de Arquitetura de Avelino Nunes e Hélder Salvado, apresentou-se eficaz e enquadrado de uma forma superior entre a Av. Monsenhor António Almeida Silvano e a Alameda D. Manuel I. Esta obra, agora inaugurada, conta com valências enquadradas numa UCSP (Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados), UCC (Unidade de Cuidados na Comunidade), SP (Saúde Pública) e SUB (Serviços de Urgência Básica).
A versatilidade do edifício traduz-se na sua organização em dois pisos, de forma a racionalizar espaços, funções comuns e custos e implantou-se de forma a poder estar apoiado nos acessos através dessas mesmas ruas:  Avenida Monsenhor António Almeida Silvano e no topo da Alameda D. Manuel I (unidade de Saúde Familiar).
 
Visualmente, o edifício encaixa-se no declive do terreno, aproveitando-se desta forma o terreno para constituir acessos de nível aos dois pisos. No piso 1 localiza-se a UCSP, a UCC e a SP. No piso 0 localiza-se a SUB tem acesso por uma cota mais baixa localizada um pouco mais abaixo na avenida. Os acessos de serviço, às garagens e da recolha de resíduos, serão feitos pelo piso 0, com entrada pela Avenida. Tem 53 lugares de estacionamento no interior do lote. Destes, 36 servem diretamente o piso 1 e 17 servem o piso 0.
 
Diversas foram as entidades que marcaram presença nesta inauguração. Destacam-se sobretudo o Sr. Primeiro-Ministro, António Costa, a Sra Ministra da Saúde, Marta Temido e naturalmente o Sr. Presidente da Camara Municipal de Vila Nova de Foz Côa, Eng.º. Gustavo de Sousa Duarte. Estas individualidades depois de percorrem pormenorizadamente todo o edifício, cumprimentando utentes e funcionários, usaram da palavra. Salientaram a importância estratégica para o território desta unidade de saúde bem como a mais-valia para o concelho de Vial Nova de Foz Côa ter umas condições físicas magnificas, modernas e adequadas. A Ministra da Saúde continuou a sua visita pelo concelho, tendo estado presente na Unidade de Cuidados Continuados Integrados do Centro Social e Paroquial de Freixo do Numão.
 
Vila Nova de Foz Côa tem uma população inscrita de 6.631 utentes, contando com uma equipa de profissionais formada por seis médicos, oito enfermeiros, quatro assistentes técnicos, técnicos superiores de diagnóstico e terapêutica e 11 assistentes operacionais. O SUB funciona com uma equipa de cinco médicos, 18 enfermeiros (3 INEM) e cinco assistentes técnicos.