Atletas de 3 continentes correm em 3 Patrimónios da Humanidade em Portugal

E assim terminou a 1ª edição do Foz Côa Douro Trail Adventure – 8 dias: em clima de festa, de companheirismo, de amizade, com muita emoção e algumas lágrimas à mistura! A saudade e a vontade de voltar no próximo ano eram bem visíveis no rosto dos participantes!
 
Foi de 13 a 20 de Outubro que se desenrolou esta fantástica aventura, juntando, na sua primeira edição de 8 dias, atletas de 8 nacionalidades, estando representados países como Marrocos, Singapura, Holanda, Noruega, Alemanha, França, Reino Unido e Portugal distribuídos por 3 continentes. Um evento organizado pela Carlos Sá Nature Events e pelo Município de Vila Nova de Foz Côa, com o apoio de outros municípios da região duriense.
 
Ao longo da semana os atletas percorreram grande parte da região do Alto Douro Vinhateiro, correndo em cada dia uma determinada distância, mais longa ou mais curta, conforme tivessem optado pela versão Advanced ou Starter respetivamente.
 
Vários foram os Municípios que acolheram este evento: Baião, Resende, Lamego, S. João da Pesqueira, Pinhel, Meda, Castelo Rodrigo, Torre de Moncorvo, dando um especial destaque a Vila Nova de Foz Côa e ao Centro de Alto Rendimento de Remo e Canoagem do Pocinho que foram a base logística para a grande parte do evento.
 
O evento foi pensado para que os participantes pudessem disfrutar das paisagens de uma das mais belas e emblemáticas regiões de Portugal – o Alto Douro Vinhateiro (duplamente reconhecida pela UNESCO como património da Humanidade, quer pelos vinhedos quer pelas gravuras rupestres existentes no município de Vila Nova de Foz Côa). Mas foi também objetivo da organização dar a conhecer um pouco da história, da cultura e da gastronomia da região, complementando todos os dias de corrida com um momento cultural e de degustação dos sabores típicos.
 
O evento iniciou com uma etapa de corrida não competitiva no sábado dia 13 de Outubro, na Zona Histórica do Porto. Nesta etapa, os participantes guiados pelo seu anfitrião Carlos Sá, puderam apreciar as ruas pitorescas e monumentos de interesse da cidade, que foi reconhecida pela UNESCO em 1996 como Património Cultural da Humanidade, e vivenciar a energia e o reboliço citadino que tão bem a caracterizam na atualidade.
 
Ao longo da restante semana os participantes puderam desafiar-se pelos trilhos do Vale do Douro, intercalando etapas mais longas e técnicas com outras mais curtas e menos duras, numa viagem que também os levou pela história remota de Portugal, os transportou pelas paisagens e sabores da região e os fez experienciar o calor e o bem receber das gentes portuguesas.
 
O evento finalizou no dia 20 de Outubro com uma etapa que se iniciou no carismático Museu do Côa e terminou no centro de Vila Nova de Foz Côa.
 
E os resultados para esta aventura foram:
 
FCDTA 5 Dias Advanced – Homens
1º - Stefan Kernstock - 14:34:13
 
FCDTA 5 Dias Advanced – Mulheres
1ª- Svenia Kernstock - 15:02:15
 
FCDTA 8 Dias Advanced – Homens
1º - Olivier Vautrin - 15:58:36
2º - Mohamad Ahansal - 17:06:50
3º - João Paulo Rocha e João Paulo Meixedo - 19:24:52
 
FCDTA 8 Dias Advanced – Mulheres
1ª – Wilma Vissers - 22:37:47
2ª – Linda Brink - 24:13:53
3ª – Judit Menz - 25:36:51
 
FCDTA 8 Dias Starter – Homens
1º - Tan Meng - 19:09:32
 
FCDTA 8 Dias Starter – Mulheres
1ª – Fernanda Esteves - 18:41:50
2ª – Tiffany Ng - 19:17:47
3ª – Arja Broek - 24:20:35
 
Foz Côa Solidário – Homens
1º - Bruno Santos - 01:59:17
2º - Fabio Zuada - 02:07:32
3º - Francisco Rebelo - 02:22:16
 
Foz Côa Solidário – Mulheres
1ª – Ana Mota - 03:16:56
2ª - Célia Gonçalves - 03:20:23
3ª – Luísa Outeiro - 04:03:34